Cólicas

A primeira quinzena do novo bebezinho em casa estava indo bem, até que o bebê, antes super tranquilo, começa a apresentar choro inconsolável!

Um choro agudo, com movimentos de retração das perninhas, enrijecendo a barriguinha, ficando vermelho...

São as temidas cólicas do lactente!

A dor é intensa e o bebê manifesta esse sentimento, normalmente, dessa forma e na mesma hora do dia.

Isso ocorre, porque o bebê está passando por um momento em que seu intestino está imaturo. Os movimentos peristálticos acontecem de forma desorganizada e acelerada na barriguinha do bebê, podendo produzir distensões localizadas, por gases, provocando dor.

É importante saber que é fisiológico e transitório. Resumindo: esses momentos de tensão vão acabar! Por volta do terceiro mês de vida, os sintomas tendem a desaparecer.

 

O que podemos fazer para aliviar os sintomas?

  • Evitar ingestão de ar durante as mamadas;
  • Aguardar a criança arrotar por, no mínimo, 10 minutos;
  • Massagens no abdome durante a cólica;
  • Compressa aquecida na barriga do bebê;
  • Encontrar posição no colo que conforte o bebê (geralmente deitado de bruços no antebraço dos pais ou sobre o peito/abdome dos pais).

O calor, aconchego e calma nesse momento são fundamentais!

Pelo choro ser bastante agoniante, é importante dividir a tarefa de consolo.

O bebê nota atitude ao seu redor, e passa melhor por esse momento difícil, quando os pais lidam com tranquilidade pelo momento da cólica.

Por se tratar de uma situação extremamente estressante para a família, é importante uma boa conversa com sua pediatra.

Lembre-se que, a cólica do lactente é natural, e vai passar!

Sempre consulte sua pediatra para avaliação, diagnóstico e cuidados adequados para o SEU bebê.

Clique aqui e agende sua consulta

Sobre a Doutora


  • Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Santo Amaro.
  • Residência médica em Pediatria pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de SP.
  • Especialização em Pneumologia Pediátrica pela Faculdade de Medicina da USP.